quinta-feira, 22 de abril de 2004

A canja do Imperador

Escritor: J.A. Dias Lopes
Editora: Companhia Editora Nacional
ISBN: 85-04-00797-9

445 páginas
Português
Formato: Papel

Sinopse oficial:
"A Canja do Imperador" é um livro para ler e conhecer a gastronomia através dos tempos, descobrir ingredientes, vinhos e outras bebidas, além de aprender a origem de receitas clássicas, preparadas ainda hoje na cozinha contemporânea. Um índice remissivo adiciona à publicação o caráter de livro de consulta, pois permite pesquisas rápidas e acesso a dados relevantes da história da gastronomia. Histórias de chefs consagrados que revolucionaram a gastronomia no período em que viveram também fazem parte do livro.

Por que eu li?
Porque eu adoro gastronomia e pensei em fazer alguns pratos diferentes com este livro.

Minha opinião:
Na me agradou, apesar da história ser bem interessante no aspecto de costumes, os pratos, salvo exceções não são tão agradáveis ou fáceis de fazer.



domingo, 4 de janeiro de 2004

Conversa de elevador

Autor: Sílvio Celestino
Editora: Sedna
ISBN: 978-85-60317-02-8

Português
184 páginas
Formato: Papel

O nome original do livro era “Vamos em frente”, uma expressão que uso muito ao final de meus e-mails e artigos, mas ao apresentá-lo ao editor ele ficou muito interessado em um trecho do livro que menciono a Conversa de Elevador no mundo empresarial e o título foi sugerido pelo comprador de uma livraria que deu sua opinião após ler o livro ainda em desenvolvimento. Ela é uma conversa marcante, relevante e inspiradora de curta duração que você tem com alguém a ser conquistado para que você consiga seu novo emprego, venda sua idéia, produto ou serviço. Só que você tem somente o tempo equivalente ao de entrar no elevador com esta pessoa até o andar de destino dela - daí o termo conversa de elevador ser algo muito sério no mundo empresarial por se tratar de uma linguagem pragmática, direta mas ao mesmo tempo pitoresca e curiosa, capaz de envolver seu interlocutor. Se você for bem-sucedido, ele irá lhe dar mais tempo para desenvolver a idéia em um local e momento apropriados. Conheço pessoas que já fizeram contatos importantíssimos dentro de um elevador (eu inclusive), mas o importante é capturar a atenção e o interesse da pessoa que é relevante para você.