quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

David Copperfield

Escritor: Charles Dickens
Editora: Cosac Naify

ISBN: 9788540507869
1.312 páginas no formato Papel, porém o formato lido foi Digital (ePUB)

Sinopse: Um dos pilares da literatura ocidental moderna, Charles Dickens é até hoje fonte de inspiração para muitos escritores. Seu gênio foi admirado por Tolstói, Marx, Joyce, Kafka, Henry James, Nabokov, Orwell, Cortázar, entre muitos outros. 
Semi-autobiográfico, David Copperfield foi publicado em forma de folhetim entre 1849 e 1850. O autor afirma, no prefácio ao livro, que, entre os inúmeros romances que publicou, este era seu "filho predileto".
A edição inclui textos críticos de Jerome H. Buckley, Sandra Guardini Vasconcelos e Virginia Woolf. 

O que achei do livro: Foi o segundo livro que leio de Charles Dickens, e já estou fã e partindo para o terceiro.

Foram mais de 1000 páginas que passaram num instante (2 semanas de leitura). Recomendo muito Charles Dickens.

Tudo bem que o David Copperfield era o livro que Charles Dickens mais adorava e imagino com isso que deva ter dado muito atenção, porém, como aconteceu em Grandes Esperanças, que foi um de seus últimos livros, tive a sensação comprovada posteriormente de que ele relata sua infância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário